sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Shakespeare não gostaria disso...

Bibliotecas são ameaçadas pela redução de gastos do governo britânico. A previsão é que, das 4.517 bibliotecas públicas fixas e móveis espalhadas por todo o Reino Unido, pelo menos 375 corram o risco de serem fechadas (um número que ainda pode mais que dobrar, já que conselhos de alguns condados ainda não informaram seus planos de cortes). A manobra faz parte do esforço para reduzir em 83 bilhões de libras (R$227 bilhões) os gastos públicos. "Os cortes terão efeitos sociais e econômicos que custarão mais no longo prazo", disse Richard Chisnall, fundador do grupo pelas bibliotecas de Somerset, a Oeste de Londres, Save Somerset Libraries. Leia toda a matéria da Folha aqui.

Um comentário:

professor texto disse...

Lamentável. Pq não debitam do pequeno salário da rainha mãe?
=(